Notícias

DEU ÁGUIA CONTRA O PATO. CAP FAZ O DEVER DE CASA E VENCE O CLÁSSICO FRENTE A URT

Um clássico que mostra equilíbrio com 4 empates e uma vitória para cada lado, dessa vez deu CAP

Fotos: Alair Constantino| Dono do Apito CAPXURT1

Os dois times fizeram um jogo pegado, como sempre nos bons clássicos

Os 2.323 torcedores que pagaram para ver o clássico do Alto Paranaíba entre Patrocinense e URT sofreram bastante na estreia dos dois times no Campeonato Mineiro 2019, neste domingo, às 17h, no estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio. Com três gols e muita emoção, o jogo fez o suficiente para emocionar as torcidas dos dois clubes.

No final de um jogo muito difícil deu CAP, por 2 a 1, com gols de Felipe Alves e Diego Borges para o CAP e Gladstone para a URT. O sexto gol entre as duas equipes valendo pelo mineiro. Mostra o equilíbrio com 4 empates e uma vitória para cada lado. Desta vez a vitória foi grená.

gol-cap

 CAP faz 1 a 0 no começo do jogo

PRIMEIRO TEMPO – 

CAP 1 X 0. O CAP saiu na pressão logo nos primeiros minutos, encurralando a URT, aos 6 minutos, Felipe Alves recebeu passe de Dedê na frente, invadiu a área deslocou Arthur para abrir a contagem. Mas, ficou nesse lance porque a URT foi tomando conta do jogo, porém não conseguiu empatar.

Aos 19 minutos, a primeira substituição do jogo. O atacante Cascata da URT sente e sede lugar a Kaio Wilker.

Dois minutos depois, o Patrocinense também é obrigado a substituir por motivo igual o lateral Jhonathan Moc por Ian. Com a entrada de Kaio Wilker na vaga de Cascata, o time melhorou, mas não criou muito. Assim terminou a primeira etapa, com o Patrocinense vencendo por 1 a 0

URT1X1CAP

  URT empata

SEGUNDO TEMPO. 

Na volta do intervalo a URT veio melhor. Aos 16, Everton cabeceou e obrigou Júlio César a fazer bela catada. Mas aos 24 não teve jeito. Após jogada de Kaio Wilker, Júlio César não segurou e Gladstone mete na rede para empatar o jogo.

Diego Borges fez o gol da vitória aos 42 da segunda etapa. Bruno Moreno cobrou falta no segundo pau e o zagueiro testou para o fundo do gol, que deu a vitória ao CAP .

Com o resultado, o CAP chega a três pontos e é quarto. A URT fica sem pontos e ocupa nona posição. Na próxima rodada, o CAP vai até o Mineirão e pega o Cruzeiro, às 21h30. Já a URT recebe a Caldense, às 19h, no Zama Maciel, também na quarta.

 CAPXURT-2OGOL

 CAP faz 2 a 1 no final do jogo

 VITÓRIA. Bruno Moreno, meia do CAP disse que “graças a Deus conseguimos acertar uma bola ali e conquistar a vitória. Agora é dar sequencia contra o Cruzeiro”.

Felipe Alves, autor do primeiro gol, considerou super importante “estrear bem e eu tive a felicidade de fazer o gol, depois de perder um. Uma estreia boa, ainda mais pelo clássico, e também pela sequencia do campeonato. Saímos com os três pontos , agora é descansar e enfrentar o Cruzeiro na quarta-feira”, declarou.

Diego Borges que fez o gol da vitória disse que o time se assustou ao tomar o gol, mas que foi feliz em fazer o gol no final e sair com três pontos. “Quando fizemos o gol ele estavam melhores, mas estávamos bem postados em campo”, disse.

Wellington Fajardo considerou excelente o resultado especialmente por todos os problemas que a equipe enfrentou nesta pré-temporada. Ele disse que o campeonato não dá muito tempo para se recuperar, então a vitória foi super importantes. “O mais importante desta vitória é que o time se sacrificou pelo resultado, os atletas se doaram 100”, explicou.

Sobre o jogo do meio de semana contra o Cruzeiro, Fajardo disse que ”descansar, boa alimentação, bom sono e tentar na parte tática, trabalhar bastante para que a gente possa incomodar”. O Moc teve problema no joelho o Davi ganhou condições e na quarta-feira pela manha Fajardo disse que saberá se poderá contar com os dois ou não.

A DERROTA. Douglas, lateral da URT, depois de segundo tempo jogando bem disse que “agora é arrumar os erros, principalmente essa bola aérea, mas mostramos uma equipe muito competitiva”, analisou.

O técnico da URT, Sindey Moraes explicou que “sai chateado, sai triste, com o time jogando bem e levamos um gol no finalzinho de bola parada, mas vamos ajustar o time e na quarta-feira tentar um bom resultado contra a Caldense”, disse.

A TORCIDA. A torcida foi fundamental na vitória em um clássico, jogo difícil. O prefeito de Patrocínio, Deiró Marra, saiu do estádio comemorando e disse que ficou rouco de gritar e torcer. “É claro que tem muita coisa para acertar, o técnico vai consertar. Ele fez alterações que foram fundamentais no jogo que nos permitiu a vitória”.

FICHA

C. A. PATROCINENSE

1 Julio Cesar

2 Angelo

3 Diego Borges

4 Betao

6 Jhonathan Moc(16 Ian )

5 Bruno Moreno

8 Arilson

10 Dede

11 Giovanni Confreste

7 Felipe Alves

9 Gabriel Barcos (17 Fernando)

Banco

12 Cleysson

13 Kellyton

14 Juninho Deoclecio

15 Victor Melo

16 Ian

17 Fernando Ribeiro

18 Otacilio Marcos

19 Val Barreto

20 Toni Galego

Técnico: Wellington Fajardo

URT

1 Arthur

2 Douglas Maia

3 Gladstone

4 Marcos ViniciuS

7 Derli

6 Silva

5 Ewerton

8 Diogo OrlandO

11 Jonathan

9 Reis

10 Cascata (Kaio Wilker 1

Banco

Marcao 12

Arthur Minota 13

Amaral 14

Tawan 15

Rodney 16

Carrara 17

Bruno Aquino 18

Kaio Wilker 19

Patrick 20

Técnico: Sidney Morais

 arbitragem

 A arbitragem do jogo

Data: 20/01/2019 às 17h00min

 Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

 Público: 2.323 – Renda: 90.825

 Estádio Pedro Alves do Nascimento (Patrocínio, Minas Gerais)

 Cidade: Patrocínio, Minas Gerais

Fonte: Por Luiz Antônio Costa| Rede Hoje

Fotos: Alair Constantino/ DonoDoApito

Deixe seu comentário