Notícias

DEU A LÓGICA. CAP perde para o Cruzeiro no Mineirão, porém, lutando com raça e dignidade

O CAP só suportou o primeiro tempo de pressão, no segundo, Raniel fez a diferença. Ademir fez falta ao time Grená

Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

cruzxcap1-Washingtin AlvesLight PressCruzeiroThiago Neves pouco fez, especialmente no primeiro tempo, marcado pelos gigantes Bruno Moreno e Mário César

O Cruzeiro é o primeiro semifinalista do Campeonato Mineiro. O Clube Atlético Patrocinense, fez seu papel e jogou com dignidade a última partida da temporada de 2018. Numa partida marcada pelo ataque contra defesa, o time do técnico Mano Menezes chegou a sofrer no primeiro tempo, que terminou sem gols, mas na etapa final o garoto Raniel definiu o jogo com muita garra e categoria: 2 a 0 Cruzeiro. Contundido, o principal jogador do Patrocinense e artilheiro do clube no campeonato mineiro, Ademir, não jogou e fez muita falta.

O CAP encerrou sua participação no Campeonato Mineiro de 2018, quando voltou a primeira divisão, com dignidade, raça e sem se esconder no jogo.

Destaque para o sistema defensivo montado por Welington Fajardo – que segurou o Cruzeiro enquanto o CAP teve pernas e também foi superado por um time melhor – e para a defesa, aí incluindo Negueti(sua melhor partida do campeonato); os dois laterais, Ângelo e Mateus Mendes, os zagueiros Juninho e Diego Borges; e para os volantes – especialmente Bruno Moreno e Mário César – gigantes em campo. Os demais tiveram atuação discreta pela capacidade de adversário, mas mostraram luta – inclusive os que entraram depois.

Cap-torc-3

Caravanas de torcedores sairam de Patrocínio, mas, poucos foram para o setor roxo do Mineirão por um motivo: a diferença nos preços dos ingressos para torcedores do Cruzeiro e visitantes. Foto: Rede Hoje

Torcida grená. Os preços dos ingressos do setor roxo(100 reais), destinado à torcida patrocinense fizeram diferença no número de torcedores. A maioria, preferiu ficar na torcida do Cruzeiro e pagar 3o, 40 ou 50 reais. Mesmo assim, a torcida grená, como o time em campo, não fez feio. Cantou e marcou presença, engrossada pelos conterrâneos que residem em BH.

cruz-FA

As atletas que defenderão o Cruzeiro no futebol americano, também fizeram festa. Foto:  Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

As quartas de final foi um evento para Cruzeirenses e Patrocinenses.Uma das grandes novidades foi o Cruzeiro Imperadores, time de FA(Futabol Americano) apresentado à torcida cruzeirense. Ações na esplanada Sul e no interior do Gigante da Pampulha fizeram parte das iniciativas antes e durante o jogo contra o Patrocinense, pelas quartas de final do Campeonato Mineiro.

Como parte das medidas promovidas para o torcedor celeste, o Aquece Mineirão foi animado pela Lili Band, que tocou clássicos nacionais e internacionais. Ainda na esplanada Sul, o apaixonado pelo esquadrão estrelado conheceu de perto e tirou fotos com atletas do elenco do Cruzeiro Imperadores.

No interior do estádio, os guerreiros que defenderão o Cruzeiro no futebol americano deram uma volta no entorno do gramado do Mineirão e cumprimentaram os cruzeirenses presentes nas arquibancadas.

juninho-FAO jornalista da Rede Hoje, Luiz Costa Jr. teve seu dia de fã do FA, com os atletas do Cruzeiro

O jogo. Na primeira etapa, o Cruzeiro pecou pela afobação, mas na segunda metade da etapa levou muito perigo ao gol de Negueti, que precisou fazer boas defesas. A melhor delas numa cabeçada de Dedé, que recebeu uma homenagem por ter completado 100 jogos com a camisa do Cruzeiro contra a URT, ainda na fase classificatória, e num chute cruzado de Thiago Neves, que usou a perna direita.

Na primeira etapa, Thiago Neves perdeu boa chance de abrir o marcador, mas sua finalização de direita foi defendida pelo goleiro Negueti

cruz-raniel Oportunista e cheia de técnica: Raniel fez os dois gols e foi comemorar com a torcida. Foto:  Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com o Cruzeiro pressionando bastante. E logo aos sete minutos, em bela jogada individual, Raniel acertou belo chute cruzado da direita, colocando a bola no canto esquerdo de Negueti.

Depois aos 19, num lance de oportunismo, ele fez 2 a 0 e garantiu a classificação cruzeirense. E ainda ganhou descanso do chefe, pois logo depois foi substituído por Rafael Sóbis.

Até o final da partida, o Cruzeiro seguiu com o controle das ações, mas sem se esforçar demais, pois as semifinais já começam a ser disputadas na próxima quarta-feira (21). O adversário cruzeirense só será definido após o término da rodada das quartas, neste domingo (18).

cruzxcapmario-cabral

Ariel Cabral teve tarde muito participativa no meio campo de Cruzeiro, sempre seguido de perto por Mário César, Leomir ou Bruno Moreno. Foto:  Washingtin Alves/Light Press/Cruzeiro

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 2 PATROCINENSE 0

DATA: 17 de março

LOCAL: Mineirão

MOTIVO: Quartas de final do Campeonato Mineiro

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Murilo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho (Mancuello), Thiago Neves (Arrascaeta) e Rafinha; Raniel (Rafael Sóbis). Técnico: Mano Menezes

PATROCINENSE: Negueti; Ângelo, Diego Borges, Juninho e Mateus Mendes; Mário César, Bruno Moreno, Leomir e Diogo Peixoto (Juninho Arcanjo); Marcelo Régis (Genesis) e Jeferson Berger (Thiago Brito). Técnico: Wellington Fajardo

GOLS: Raniel, aos 7 e 19 minutos do segundo tempo

ARBITRAGEM: Ronei Cândido Alves, auxiliado por Pablo Almeida Costa e Douglas Almeida Costa

CARTÕES AMARELOS: Raniel, Thiago Neves, Ariel Cabral e Rafael Sóbis (Cruzeiro); Bruno Moreno e Leomir (Patrocinense)

PÚBLICO: 13.561 pagantes

RENDA: R$ 326.850,00TORCIDA-5O presidente do Patrocinense, Maurício Cunha, a esposa Ana Valéria; torcedores de Patrocínio, Brasília e patrocinadores como o Expresso União(Joaquim Constantino e equipe), no camarote reservado ao CAP no Mineirão.cap-torc4Poucos torcedores de Patrocínio  foram para o setor roxo, mas vibraram muito com o time. Foto: Rede Hoje

Por Luiz Antônio Costa | Esporte Hoje | Rede Hoje

Deixe seu comentário