Notícias

O CAMPEÃO. Depois de 45 anos Patrocínio Esporte Clube volta em grande estilo, conquistando título Regional Sub-20

Conquista do Regional do Triângulo Sub-20, representa o retorno de uma história que começou em 1967

PEC levanta sua primeira conquista Regional em 45 anos

O esporte continua em alta em Patrocínio, transformando o município num dos mais fortes – senão o mais forte – do interior mineiro. Neste final de semana outra conquista no futebol por uma equipe da cidade. O Patrocínio Esporte Clube(PEC), depois de 45 anos, volta ao futebol conquistando o título de campeão da Copa Regional sub-20 de 2018. E fora de casa, jogando contra o Nacional, em Uberaba.

Podendo perder por até um gol de diferença para o Nacional para ficar com o título – pois ganhou no jogo de ida da final, por 2 a 0 – o PEC jogou com o regulamento e mesmo com a derrota por 1 a 0, no estádio JK, em Uberaba, sagrou-se campeão pela primeira fez, da primeira grande competição que participou.

RETORNO – A última vez que o Patrocínio Esporte havia disputado uma competição oficial, foi no futebol profissional, quando foi comandado pela família Brandão, quando disputou a última competição como profissional: a Copa Sul Triangulo.

pec-67

Em 1967, o PEC foi campeão da Primeira Divisão que seria o Módulo II agora

Em 1967, foi campeão da Primeira Divisão(foto) – a elite na época chamava-se Divisão Extra – em cima justamente do Nacional de Uberaba, que era o favorito. O PEC era um timaço, na foto: Anibal, Armando, Milton, Batista, Cecílio, Chapada, João José, Gilberto Quaquinha, Turunga e Lucas.

Um jogo que marcou a história, foi amistoso, contra a URT de Patos. O jogo ficou zero a zero, no dia 22 de dezembro de 1973. Naquela partida, atuou pelo Patrocínio Esporte um dos maiores atletas do Brasil de todos os tempos: Garricha. Esse time, só tinha jogadores de Patrocínio.

pec-973

Patrocínio Esporte em amistoso com a URT , teve um dos maiores atletas do Brasil de todos os tempos: Garricha. Esse time, só tinha jogadores de Patrocínio

Na foto de arquivo da Rede Hoje vemos a última formação da equipe profissional: Isaías(presidente), Tião do Dego(faz tudo), Doacir, Jaques, Zezinho, Macalé, Roberto Brandão, Perereca(Frazão), Manelico e Rubens Figueiredo(médico); agachados; Garricha, Calu, Ronaldinho, Pauleca e Teotônio.

VOLTA POR CIMA. O time teve as atividades paralisadas em 1973, voltou há um ano – comandado pelo presidente Arnaldo, auxiliado por Cléber e Ronan e com o técnico Darcelo do Carmo.

A intenção é de se profissionalizar, começando nas categorias de base. Já conquistou o primeiro título.

PEC e Nacional fizeram dois jogos muitos disputados nas finais, o time de Patrocínio ganhou a primeira por 2 a 0 e perdeu a segunda por 1 a 0.

No jogo deste sábado, o Nacional de Uberaba – que chegou à final das três edições da competição – abriu o placar na segunda etapa, mas não conseguiu chegar aos 2 gols de diferença pra levar para as penalidades. O Naça fica com mais um vice-campeonato.

PATROCÍNIO ESPORTE CLUBE: Jackson; Sassá, Yago, Fernando e Jean; Jacaré, Pereira e Danilo; Igor, Ramon e Índio.

Técnico: Darcelo do Carmo

NACIONAL FUTEBOL CLUBE: Guilherme Alves; Bruno, Paulo, Luan, Jefinho, e Pedro Luiz; Mateus, Madson e Breno; Júlio César e Émerson.

Técnico:Eduardo Lucerdi

ARBITRAGEM. Arbitro: Ricardo Tiburci; Aux 1: Rogerio Xavier; Aux 2: Valdemar Teodoro

Fonte da Matéria: Luiz Antônio Costa|Rede Hoje

Fotos e Videos: Alair Constantino/ DonoDoApito/ AMC TOP SPORTS

Deixe seu comentário