Notícias

S.E.P!Não poderia ser melhor… estreia com vitória contra o Minas Boca no Campeonato Mineiro temporada 2018

Apesar do estado do gramado, os times fizeram uma boa partida; SEP 2 X 1 Minas Boca

 Gazu fez o primeiro gol da Esportiva no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão em 2018

Foi uma vitória com técnica, mas não faltou garra. Assim, a Sociedade Esportiva Patrocinense estreou no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, derrotando o bom Minas Boca de Sete Lagoas por 2 a 1. O jogo foi no Júlio Aguiar nesta tarde, no estádio Júlio Aguiar.

Os dois times entraram em campo muito nervosos porque muitos dos jogadores jogaram a primeira partida por equipes profissionais. Mas, as duas equipes jogaram na bola. Embora muito disputado, o jogo foi leal do começo ao fim.

A torcida compareceu em pequeno número, mas vibrou muito e empurrou o time da casa.

O JOGO. A Esportiva esteve melhor durante todo o primeiro tempo, com principalmente com o volante Didi, os laterais Porto e Gelsinho e os meias Kleber e Gazu.

Na frente Igor brigava muito no comando do ataque. Ele sofreu uma falta que o árbitro André Luiz não marcou e reclamou de maneira ostensiva. Levou cartão amarelo e a partir deste momento não teve mais nenhuma falta marcada, na dúvida nos lances mais ajustados não marcava.

O primeiro gol do “Laranja Mecânica” no campeonato surgiu aos 28’ minutos do primeiro tempo.

ESPORTIVA 1 A 0.

O lateral Porto cobrou escanteio no segundo pau. O zagueiro Gabriel escorou para o meio da área. Gazu dominou girando e bateu antes da bola quicar, marcando um golaço. Depois do gol, Gazu comemorou com a torcida subindo no alambrado e por isso recebeu cartão amarelo.

ESPORTIVA 1, MINAS BOCA 1.

O Minas Boca chegou ao empate aos 39 minutos, num lance que parecia despretensioso. Numa cobrança de lateral pelo lado direito, o atacante Davidson cruzou a bola na área e Breno ganhou pelo alto do zagueiro Roger e no cabeceio a bola entrou no canto direito do goleiro Gustavo, depois de quicar.

SEGUNDO TEMPO.

As duas equipes voltaram para a segunda etapa correndo muito e rendendo pouco. Os goleiros pouco fizeram. O jogo ficou em banho-maria até 36 minutos, sem que houvesse alguma jogada mais perigosa. Um perda importante para a Esportiva, foi a saída de Kleber, que era um dos melhores em campo – que torceu o tornozelo – e foi substituído por Fabinho. O mesmo aconteceu com Robert do Minas, substiuído por Yuri.

A SEP passou então a pressionar mais e o Minas Boca só explorando o contra-golpe. A partir de 37 minutos a Esportiva teve duas oportunidades claras com Roberson. O estado do gramado foi o responsável por ele não ter conseguido concluir, mas mesmo assim, arrancou aplausos da torcida.

O “laranja mecânica” continuou pressionando e concluindo com perigo.

O bom árbitro André Luiz Schetino deu quatro minutos de acréscimo.

O segundo gol da “laranja mecânica” foi de Gelsinho

EXPORTIVA 2 X 1 MINAS BOCA

Faltava um minuto para o encerramento quando a Esportiva Patrocinense desempatou. Foi outro golaço. Desta vez, aos 46’40”, tabela pela meia esquerda entre Gelsinho(o melhor em campo) e Biju. Gelsinho recebeu antes da meia lua e bateu firme no canto baixo esquerdo de Felipe, decretando o placar final do jogo.

FICHA: SEP X MINAS BOCA

Motivo: 1a Rodada – Campeonato Mineiro da Segunda Dvisão

Local: Estádio Júlio Aguiar – Patrocínio – MG

ESPORTIVA PATROCINENSE: Gustavo; Porto, Roger, Paulo e Gelsinho; Didí, Cléber(Fabinho), Kauã e Gazu(am)(Roberson); Igor(am) e Biju.

MINAS BOCA: Felipe; Terra(David), Jeferson(am), Gabriel e Rogério(am); Robert(Yuri), ítalo, Bruno e Phelipe Matheus; Breno e Davidson(Breno Henrique).

ÁRBITRO CENTRAL: ANDRÉ LUIS SKETTINO POLICARPO BENTO

ÁRBITRO ASSISTENTE 1: WARLLEN BRENO DA PAIXÃO SALGADO
ÁRBITRO ASSISTENTE 2: EMÍLIO JUNIO NASCIMENTO SANTOS
QUARTO ÁRBITRO: HUGO LEONARDO FONSECA BARBOSA

Cartões amarelos para Gazu, Igor e Roberson(Esportiva); Rogério e Jeferson(Minas Boca).

Gols: Gazu e Gelsinho(Esportiva); Breno(Minas Boca)

Fonte: Luiz Antônio Costa | Rede Hoje

Fotos: AlairConstantino/ DonoDoApito

Deixe seu comentário