Notícias

Flamengo vence Goiás com dois gols de Pedro para alegria do torcedor rubro-negro

Centroavante rubro-negro marca duas vezes e empata com Gabigol na artilharia da equipe na temporada.Foto: Alexandre Vidal / CRF

O Flamengo amassou o Goiás por quase 90 minutos na noite desta terça-feira no Maracanã, mas o gol da vitória de virada saiu apenas aos 50 do segundo tempo. Vinícius abriu o placar para o Goiás no início do jogo, mas Pedro marcou duas vezes no triunfo por 2 a 1.Foto: Alexandre Vidal / CRF

Com o resultado na partida adiada da 11ª rodada, o Flamengo empata na primeira colocação da tabela do Campeonato Brasileiro com o Atlético-MG, ambos com 30 pontos. O Galo, entretanto, tem um jogo a menos. O Goiás, por sua vez, segue na lanterna.

O Flamengo não vai ter descanso e estará em campo já nesta quinta-feira para enfrentar o Bragantino, pela 16ª rodada, novamente no Maracanã. O Goiás vai receber o Bahia em Goiânia.

Primeiro tempo movimentado termina com igualdade
Flamengo e Goiás fizeram um primeiro tempo bastante movimentado no Maracanã. O Rubro-Negro assumiu a iniciativa do confronto assim que a bola rolou, mas foi o Goiás que assustou com apenas um minuto e mostrou que não estava para brincadeira.

Keko cruzou da direita e Rafael Moura, do outro lado, expôs aquela que seria a maior deficiência do Flamengo no jogo, a marcação no lado direito da defesa. O He-Man acertou o cabeceio mas mandou pela linha de fundo.

Foto: Alexandre Vidal / CRF

A equipe carioca foi pra cima e criou muitas chances de gol, mas o Goiás saiu na frente aos 12. Daniel Bessa, na intermediária pela direita, viu Vinícius livre na direita dentro da área e cruzou. Vinícius bateu cruzado de primeira e acertou o canto de Hugo.

O Fla cresceu no jogo e passou a amassar o Goiás em seu campo. O goleiro Tadeu se transformou no nome do jogo com defesas espetaculares, até que o empate saiu aos 38. Pedro recebeu no meio e tocou de peito para Gerson, que tocou em profundidade para Bruno Henrique na esquerda. O camisa 27 cruzou rasteiro por trás da zaga e Pedro deslizou do outro lado e mandou para a rede.Foto: Alexandre Vidal / CRF

O Goiás marcou o segundo cinco minutos depois, mas o lance foi anulado por impedimento. Aos 47, foi a vez de Bruno Henrique cabecear e Tadeu tirar de dentro do gol, mas a bola havia tocado na mão do atacante do Flamengo. Saldo do primeiro tempo, 1 a 1 no placar e 16 a 2 em finalizações para o Rubro-Negro.

Tadeu pega tudo e quase garante o empate
O segundo tempo no Maracanã foi quase um jogo de um time só. Mesmo desgastado pela sequência de jogos, o Flamengo pressionou o Goiás desde o início.

O bombardeio foi intenso, com direito a bola no travessão e defesas milagrosas do goleiro Tadeu.

O Flamengo tentou até o final, mas curiosamente, apesar das cinco substituições disponíveis, o técnico Dome fez apenas uma. Aos 30 minutos, Lincoln entrou no lugar de Gerson.

Os últimos minutos foram ainda mais dramáticos com uma pressão total do Flamengo. No último ataque da partida, o Flamengo estava todo na frente e Willian Arão pega um rebote e tenta de fora da área. A bola para na última linha da defesa e sobra para Pedro livre. O matador trabalha rápido e bate pro fundo do gol.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 1 GOIÁS

Foto: Alexandre Vidal / CRF

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Terça-feira, 13/10/2020
Horário: 18h00 horas (Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Cartões amarelos: Filipe Luís (Fla); Keko, Tadeu, Rafael Moura, Caju (Goiás)

GOLS:
FLAMENGO: Pedro, aos 38 min do 1º tempo, e aos 50 min do 2º tempo
GOIÁS: Vinícius, aos 12 min do 1º tempo

FLAMENGO: Hugo Souza, Matheuzinho, Gustavo Henrique, Natan Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia e Gerson (Lincoln); Michael, Pedro e Bruno Henrique

Técnico: Domènec Torrent

GOIÁS: Tadeu; Edilson, David Duarte, Fábio Sanches e Caju; Breno (Ratinho), Daniel Bessa e Shaylon (Douglas Baggio); Keko (Pintado), Rafael Moura e Vinícius
Técnico: Enderson Moreira

Por: gazetaesportiva

Deixe seu comentário