Notícias

Tombense vence o Uberlândia, e é campeã da Recopa Mineira 2020

Em jogo único, equipe de Tombos sagrou-se campeã com dois gols de pênaltis do artilheiro…Tombense é campeão da Recopa Mineira 2020 (Foto: Leandro Couri/EM D.A Press)

Foto: Federação Mineira de Futebol

O Tombense é o campeão da Recopa Mineira 2020.Foto: Tombense Futebol Clube-Oficial@TombenseFutebolClube 📸@victorsouza_foto/Tombense📸@victorsouza_foto/Tombense

A equipe de Tombos venceu o Uberlândia por 2 a 0 neste sábado (20), na Arena Independência, e conquistou a Recopa do Interior pela primeira vez. Os gols da partida foram marcados por Rubens, de pênalti,  aos 44 do primeiro tempo e aos 5 minutos da etapa final.

A partida entre o Campeão do Interior e o Campeão do Troféu Inconfidência fecha o calendário do futebol mineiro de 2020. Com a vitória, o Tombense mantém o tabu de nunca ter perdido para o Uberlândia em jogos oficiais. Completam-se sete jogos, quatro pelo Campeonato Mineiro, dois pelo Módulo II, e um na Recopa do Interior. O Tombense venceu seis das sete partidas.

Como foi o jogo

A equipe de Tombos começou em cima, dominando as ações do jogo.  Aos seis minutos, com bela jogada, Keké deixou Jhemerson na cara do gol, mas pegou mal na bola. Na sequência, Marquinhos arriscou o chute, e Marcão defendeu para o Uberlândia. Aos dez minutos do primeiro tempo, o time havia criado finalizado em três oportunidades.

Após sofrer pressão nos minutos iniciais, o Uberlândia buscou explorar os cruzamentos na área, obrigando o goleiro Felipe Garcia a trabalhar. Só aos 25 minutos, o time do triângulo mineiro chegou a assustar, e após cruzamento, Neto debaixo do gol não conseguiu alcançar a bola. O técnico Bruno Pivetti alterou seu esquema, e propôs a inversão de posições entre Keké e Caique. A mudança surtiu efeito, e aos 37 minutos, com boa jogada de Keké, a Tombense chegou com Rubens, que chutou prensado.

Após a parada técnica, o Carcará voltou melhor para o jogo, e aos 41 minutos, com em jogada ensaiada, Keké apareceu como elemento surpresa na segunda trave para fazer o cabeceio. O time da casa teve maior volume de jogo no primeiro tempo, porém, sem conseguir finalizar.

Na reta final do primeiro tempo, aos 43 minutos, em uma jogada ensaiada de bola parada de Caique, o jogador foi derrubado na área por Judson, e Ronei Cândido Alves marcou pênalti para a equipe de Tombos. Aos 44 minutos, Rubens cobrou no canto esquerdo do goleiro Marcão, e abriu o placar para o Carcará ainda na primeira etapa. Com 4 minutos de acréscimo, aos 47, Keké ainda insistiu na jogada mas parou na marcação de Nikolas.

O segundo tempo começou com a Tombense pressionando o Uberlândia. Logo aos 4 minutos, na chegada de Rubens na pequena área,Felipe Recife cometeu a penalidade. Rubens, mudou o lado, cobrou no canto direito do goleiro Marcão, que ficou no centro da meta. Rubens ampliou o placar para o Carcará aos 5 minutos da segunda etapa.

Aos 19 minutos, Luizinho recebeu livre no ataque, na meia lua da grande área, mas foi marcado o impedimento. A equipe de Tombos passou a administrar o resultado. Aos 21 minutos do segundo tempo, Rodrigo tentou o passe para Rubens, que fez o giro em cima da marcação, na grande área, mas chutou para fora.

Na reta final da segunda etapa, a equipe de Tombos tirou o pé do acelerador e Pivetti apostou nas substituições para segurar o resultado.

Campeão do Interior

O Tombense foi Campeão do Interior de 2020 invicto, pois não perdeu para nenhum outro time do interior. Líder na fase classificatória, com 26 pontos, o Carcará conquistou sua pontuação histórica; no campeonato foram 3 derrotas, uma para o América e duas para o Atlético. Após vencer a Caldense na semifinal, na grande decisão do Mineiro enfrentou o Atlético. No jogo de ida, derrota por 2 a 1, e no jogo de volta, vitória do Galo por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

TOMBENSE 2 x 1 UBERLÂNDIA

Motivo: Decisão da Recopa do Interior

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte, Minas Gerais

ARBITRAGEM:Foto: Federação Mineira De Futebol

Árbitro: Ronei Cândido Alves (CBF)

Auxiliares: Marcus Vinícius Gomes (CBF) e Leonardo Henrique Pereira (CBF), e Quarto Árbitro: Wanderson Martins.

Escalações:

Tombense

Felipe Garcia; David, Wesley Martin, Matheus Lopes e João Paulo; Rodrigo (Falcão), Marquinhos e Jhemerson (Gabriel Lima); Keké (Matheus Paquetá), Caique (Rodrigo Carioca) e Rubens (Alípio).

Técnico: Bruno Pivetti

Uberlândia

Marcão; Everton (Douglas), Mailson, Bruno Maia e Nikolas; Felipe Recife, Judson (Paranhos), Leonardo Martins (Luizinho) e Lucas Paranho; Neto (Medina) e Deivdy Reis.

Técnico: Tuca Guimarães

Gols: Rubens (Tombense); Machado (Cruzeiro)Foto: Tombense Futebol Clube-Oficial@TombenseFutebolClube 

Foto: Tombense Futebol Clube-Oficial@TombenseFutebolClube 

Foto: Tombense Futebol Clube-Oficial@TombenseFutebolClube 

Foto: Tombense Futebol Clube-Oficial@TombenseFutebolClube 

Cartões amarelos: Felipe Garcia (Tombense); Paranhos (Uberlândia)

Por Eduarda Gonçalves / otempo.com.br

Deixe seu comentário